coerência política, sempre!

coerência política, sempre!

p-passos

e ele, enquanto líder do partido que é dele, não pôde deixar de sublinhar o grande empenho (dele e de sua ex-ministra das finanças) na luta pela libertação da pátria das influências nefastas dos comunistas, socialistas, bloquistas e outros “istas” – os quais, note-se, têm trilhado um caminho comum, um continuado diálogo político e uma colaboração concreta em áreas estratégicas que mais tarde ou mais cedo destruirão as bandeirinhas que orgulhosamente, ele e seus companheiros de luta, exibem nas golas dos seus casacos de linha italiana.

p-pcoelho

– “ele é um liberal. ele vai por isto na ordem. ele escolheu para a educação um crítico, um homem competentísimo! quê?… neo-liberal? isso não existe nem nunca existiu. eu vou apoiá-lo. seguramente!”

disse-nos um ex-comunista e ex-socialista hoje um incondicional coelhista.

pombo

– “quero reafirmar aquilo que venho dizendo há muitos anos. temos de aprender a cagar em cima das pessoas certas!”

disse-nos um pombo lisboeta.

Anúncios

antónio

a coisa foi assim:…
coisa simples.
li:…
antónio seguro X antónio costa
disputam
liderança do partido
o socialista
e eu disse para os meus botões:
ganha o…
antónio
e disse-o há muito tempo.
ainda nem tinha havido eleições daquela coisa a que chamam “primárias”

hoje dei por mim a constatar

ganhou o antónio…!

antónios
não posso ser outra coisa
sou um mago-adivinho

BRASIL

brasil

marina silva – a candidata apoiada pela banca brasileira (itaú), com espaço de privilégio na tv globo, homofóbica assumida e com vínculo a seitas ditas “evangélicas” é candidata à presidência do brasil – o partido “socialista” brasileiro, curiosamente – ou não, deu guarida a essa senhora (o que provocou a debandada de alguns dos seus melhores quadros para a campanha de dilma).
as posições controversas da candidata “evangélica” foram motivo, recente, para uma carta-aberta assinada pela senhora beatriz moreira costa (mãe beta). ora vejam:…

Prezada Marina Silva, pretensa candidata à presidência da Republica Brasileira,

Num país, com vários grupos raciais e étnicos, eu acho que a Senhora deveria informa-se melhor ou procurar ser mais humilde e segura das suas ações. Como uma boa política, que diz que é, uma grande potencia política, sugiro que seja mais humilde e procure outra maneira de profetizar a sua fé e não atacar os seus irmão e aqueles pretende dirigir, se eleita for.

Quando a Senhora diz que as religiões afro não são religião e sim seita. Eu como uma iyalorixa do Candomblé, uma mulher negra muito feliz; pois eu tenho dignidade o amor e humildade, digo que não.

Quando dizem que o Candomblé é seita por que cultua satanás. E nós não cultuamos satanás. Cultuamos Olorum, Obatalá, Ododuá e Exú, que é o grande dinamizador. Cultuamos os inquices e os vodunces que são deuses como Dafé e Jeová. Cultuamos deuses de energia da natureza que é a coisa mais suprema que pode existir. Por que somos natureza, filhos da natureza. Ao qual a Senhora terá um grande compromisso de preservar essa natureza que pede socorro, pelo descaso de pessoas inconsequentes.

Sobre o amor, me pergunto se a Senhora saber o que é o amor. Quando a senhora fala do casamento entre casais do mesmo sexo (casamento iguais), esquece dos nossos filhos gays e lésbicas que merecem respeito. A senhora ama os seus filhos? E os filhos não pediram para nascer.

Eu me julgo uma mãe do mundo por que sou de Iemanjá, Orixá que dos seus seios brota a água suprema, que é o leite que amamenta aqueles que a sociedade repudia a exemplo dos gays e das lésbicas. . Eu sei chorar com olhos do meu irmão e abraçar esses.

Eu sou uma cidadã de fato. Sou mulher negra, do Candomblé, não tenho a pretensão de ser politica. Faço politica sim. Nesse momento estou fazendo politica com a senhora.

Reveja as minhas palavras como politica e cidadã

Eu sou Beatriz Moreira Costa, Mãe Beta, mulher negra como a Senhora. Hoje tenho 83 anos e nasci no Recôncavo baiano, às margens do rio Cachoeira do Paraguaçu.

Obrigada

Fonte: Facebook e gledes.org.br

outras viroses e infecções d’aves (actuais)

para facilitar a leitura, “clicar” nas imagens para as ampliar

Tarzan-7

Tarzan dos Macacos, 1 sr principe

 

 um homem exemplar para o mundo neo-liberal 

 

s-espirito-santo

 

O Estado e a política da modernidade estão inseparavelmente entrelaçados com o sistema coercivo do trabalho; terão, pois, de desaparecer juntamente com ele. O palavreado sobre um renascimento da política é apenas a tentativa de reconduzir a crítica do terror económico a uma actividade de relacionamento positivo com o Estado. Auto-organização e autodeterminação são precisamente o contrário do Estado e da política. A conquista de espaços livres, no plano social, económico e cultural, não se efectiva pelos atalhos, pelas portas de serviço ou pelos becos sem saída da política, mas sim pela via da constituição de uma contra-sociedade.
Liberdade significa não deixar que se seja triturado pelo mercado e não deixar que se seja administrado pelo Estado, e em vez disso organizar autonomamente todo o conjunto das relações sociais, sem a intromissão de aparelhos alienados. Neste sentido, para os adversários do trabalho, trata-se de encontrar novas formas de movimento social e de estabelecer testas de ponte para uma reprodução da vida que se situe para lá da sociedade do trabalho. Trata-se de combinar as formas de uma práxis de contra-sociedade com a recusa ofensiva do trabalho.
Os poderes dominantes podem declarar-nos loucos, porque arriscamos a rotura com o seu sistema coercivo irracional. Não temos nada a perder, a não ser a perspectiva da catástrofe para onde esses poderes nos conduzem. Temos um mundo a ganhar, para lá das fronteiras do trabalho.