um conto erisiano para este solstício (em colaboração com o templo do divino anzol)

h-peixe

– muito mais belas que o original?…
perguntou o iniciado.
– é sinal de que o organismo está em bom andamento. deve fumar… beber álcool… sabe? o senhor tem problemas… e olhe, toque, cheire, mas não leia jornais, não veja televisão, não siga o facebook…
e sertir-se-à bem melhor.
respondeu o papa
– tentarei, mas não me lembro das imagens, dos cheiros nem dos sabores. só das palavras sagradas…
no dia seguinte fez as malas. desceu as escadas…
o templo tinha ar condicionado e a tepidez do sol primaveril encontrava-se, ainda, verde.
a luz?!… teve de fechar bem os olhos.
ah!… o sol… le soleil…!
e
ao chegar ao carro (nunca antes tinha sido iluminado) a visão. como se alguma vez tivesse feito outra coisa, soube instantaneamente onde colocar as mãos
e
os pés.
éris – a deusa – sentou-se a seu lado e disse para que engatasse a primeira, tirasse o pé do pedal e apertasse levemente o acelerador… o suficiente para se mover um metro ou dois
e
depois travar e desligar.
se errasse poderia acabar em cima de uma moita do jardim. mas tudo correu bem.
e começava a ficar orgulhoso.
foi então que a deusa-nossa-de-todos-os-dias se ergueu e pairou no firmamento para anunciar o início do solstício
e
ofereceu-lhe as prendas que tinha pedido (por escrito no mail iniciatico.com): uma bicicleta, uns patins, um gato pardo, e dois cachorros (não confundir com cachorros quentes)

salvé éris!……. brrruuuuuP

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s