a um discordiano… é “proibido” acreditar naquilo que lê

o holocausto é, definitivamente, propriedade (ou será marca registada…?) israelita. 

o nazismo apenas exterminou o povo judeu. todos os outros (não judeus) pereceram nos campos de extermínio por engano… 

deve ter sido isso. 

os ciganos, os comunistas, os homossexuais, os anarquistas e os demais resistentes ao regime hitleriano… todos foram, ao que parece, mortos por mero acaso (ou não o foram mesmo – exterminados)

os seguidores do talmudh não só são os eleitos do deus do livro, como estão acima de qualquer crítica (são intocáveis).

cartoon publicado no DN

cartoon publicado no DN

um cartoon de andré carrilho – que reflecte ou pretende reflectir a actualidade – foi publicado no “diário de notícias”. e, como sói dizer-se, caiu o carmo e a trindade… o presidente da comunidade israelita de lisboa (CIL), josé carp, afirmou a propósito: – «Eu até gosto de cartoons, mas há outras maneiras de se fazer as coisas. E há mesmo coisas em que não se tocam, e uma delas é o Holocausto». 

e:… «É horrível. Penso que terá indignado toda a gente, não só os israelitas. Faz troça das almas e da memória dos seis milhões de judeus executados nos campos de concentração da Alemanha»

entrementes o autor do cartoon negou qualquer posição anti-semita. disse ele:… «Eu tento pôr-me do lado das pessoas vitimizadas. Quis fazer notar que uma pessoa que já foi vítima também se pode tornar agressor».

e as santas guerras continuarão. as religiões do livro alimentam-se delas… é o deus delas que as quer. e se dúvidas sobre esse ser imaginário houver… lembremos:… foi esse deus que ditou para o talmudh as deliciosas palavras: – Mesmo o melhor dos goy (‘) deve ser morto – Abodah Zara 26 b, Assassinar um goy é como matar um animal selvagem – Sanhedrin 59 a, Todas as crianças goy são animais – Yebamoyh 98 a, Judeus podem roubar e matar os não judeus – Sanhedrin 59 a…

essa divindade (da idade do bronze), também ditou para o corão e bíblia sábias reflexões

o mapa DELES

o mapa DELES

um mapa foi, entretanto, colocado nas redes sociais (não se sabe bem por quem – mas pouco importa) usadas pelos jihadistas do “estado islâmico”. analisando o mapa, poderemos verificar quais os “objectivos” dos pacíficos devotos de aláum novo califado a ser cumprido em cinco anos.

os extremistas sunitas, protagonistas de uma onda de violência na síria e iraque – liderados por um tal Abu Bakr – divulgaram (?) no twitter e facebook, os planos…: 

a coisa é simples (segundo os presumíveis seguidores de maomé) o ano de 2020 será o limite, a data prevista para o domínio total e absoluto dos países muçulmanos e de um extenso território que se estende desde a fronteira sul do quénia, até à península ibérica. e, não contentes com isso, parece que pretendem ocupar a áustria e os balcãs.

pois… vamo-nos livrar definitivamente da união europeia e do euro.

resta-nos acabar esta coisa com o hino discordiano

avante soldados cristãos,

avante monges budistas,

avante filhos do islão

lutem até à morte

lutem pelas suas pequenas batalhas

juntem-se na grande disputa

para a grande glória 

da dis-cór-di-a

yah, yah, yah

yah, yaha, yah, yah

blfffffft!

e não se esqueçam: a um discordiano é “proibido” acreditar naquilo que lê

_________

(‘) nome dado aos não pertencentes ao povo eleito 

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s