o gato

um poema de renato suttana

gatos

O GATO

 

No mundo da ferocidade
o gato carrega, sereno,
a sua verdade.

 

Sobre o muro, onde pausa
para olhar os arredores,
observa o casal de rolas

 

e seus amores.
Gatos não pensam (?), mas
o olho que volve para trás,

 

para olhar os arruladores,
faz pensar que pense
que um casal de rolas

 

em seus amores
seja um excelente prato
para um gato.

 

No mundo da ferocidade
o gato carrega, sereno,
a sua verdade.

 

(RS, “Bichos”)

 

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s