poema com poucas letras de álvaro de mendonça

letras-poucas

 

 

não vos vou ver
ali
nem a mim

por ser o rio
uma vez
fui sul
e fui sol
mas não
fui sal

nem a nós
nem o que foi alem,
ter cio mas em vão…

sois que sol?
Têm que sul?
ias até, mas era ali que ias
Voz, sóis que iam ali ser d’um rei
De nem sim
nem de não…
[poema com poucas letras]

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s